fbpx
Início Notícias Relatório final da CPI dos combustíveis é divulgado pela Comissão

Relatório final da CPI dos combustíveis é divulgado pela Comissão

Nesta segunda-feira (26) a Comissão parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa do Amazonas disponibilizou o relatório  final sobre investigações da CPI dos Combustíveis.

O relatórios está disponível  na internet para que a sociedade possa verificar os dados levantados pela comissão. Vale ressaltar que todos os dados e informações  coletados durante os 120 dias de investigações foram repassados aos Ministério Público e Polícia Federal para que sejam dados andamentos nas investigações.

O relatório  está disponível no link: http://www.ale.am.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/Edicao137323082019-1-1.pdf

Dep. Joana Darc
Advogada, Servidora Pública Concursada PGM e Deputada Estadual do Amazonas eleita com 26.816 votos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Deve ler

Joana Darc participa da 2ª edição do Programa “Peixe no Prato”

A deputada estadual Joana Darc (PL) participou na manhã desta terça-feira (12) da 2° edição  do Programa “Peixe no Prato” que aconteceu na Escola Municipal Helena Augusta Walcott, localizada no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. 

Projeto de Lei de Joana Darc prevê teste do bracinho em crianças a partir dos 3 anos

O projeto de lei 595/2019 de autoria da deputada estadual Joana Darc propõe que seja realizado o "Teste do Bracinho" em crianças a partir dos 3 anos de idade, e que o procedimento passe a fazer parte integrante do protocolo de consultas pediátricas regulares feitas pela rede pública de saúde do Estado do Amazonas.

Desenvolvimento sustentável: Alternativa para a preservação do meio ambiente

Cuidar da Amazônia é um dever de todos nós. Por isso busco incessantemente por soluções que visam preservar o meio ambiente. Mas para falar de meio ambiente, falar de amazônia, precisamos falar também das pessoas que habitam e dependem dela para ter seu sustento diário. Nesta semana participei da Cúpula dos Governadores dos Estados da Pan-Amazônia, na Academia de Ciências do Vaticano, em Roma.

A luta continua

Se você leu sobre a decisão do processo que cassa o mandato dos vereadores do partido do qual faço parte, e que menciona meu nome, esse esclarecimento é para você, meu eleitor e para todas as pessoas que acreditam em meu trabalho.

Ato contra violência obstétrica será realizado no Largo São Sebastião

Com o objetivo de conscientizar à sociedade civil será realizado nesta quarta-feira (30) um ato de conscientização e combate à violência obstétrica no Largo São Sebastião, Centro de Manaus, a partir das 18h. A atende ao cumprimento da Lei de autoria da deputada estadual Joana Darc (PL), que entrou em vigor em 26 de julho deste ano, que institui a Caminhada ao combate à Violência Obstétrica no Estado do Amazonas. O “Ato por Respeito #ViolênciaObstétrica”, de iniciativa da deputada Joana Darc, deverá levar à população mais conhecimento sobre o assunto com o intuito de fomentar a discussão da temática na sociedade. Uma pesquisa divulgada no site da ONG Artemis, que trata de violência doméstica e obstétrica, realizada pela Fundação Fundação Perseu Abramo, informou que cerca de 25% (vinte e cinco por cento) das grávidas no Brasil, já sofreram algum tipo de violência durante a gestação, em consultas pré-natais ou no parto. Tais agressões, praticadas por profissionais de saúde, vão de repreensões, humilhações e gritos à recusa de alívio da dor (apesar de medicamentos indicado), realização de exames dolorosos e contraindicados, passando por xingamentos grosseiros com viés discriminatório quanto à classe social ou cor da pele. Atualmente, a violência obstétrica ganhou mais visibilidade em decorrência das inúmeras denúncias veiculadas nas mídias e processos judiciais. A preocupação da parlamentar acerca do tema vem desde de seu primeiro mandato, quando ainda vereadora, também propôs o debate ao tema na Câmara Municipal de Manaus e propôs a lei em âmbito Municipal, trabalho este que foi dado continuidade pela vereadora Mirtes Sales, e sancionada na capital na tarde desta terça-feira (29). O evento contará com a participação do grupo de mulheres da Associação Humaniza, entidade sem fins lucrativos, que busca a promoção da autonomia da mulher, defendendo seus direitos constituídos e a efetivação dos mesmos, e bastante atuante no que diz respeito a violência Obstétrica.
×

Olá!

Escolha qual área deseja atendimento e fale agora mesmo conosco!

× Fale com a Deputada!